EntrevistaManuGarcia_Toolmaker_1

Entrevista a Manu García, novo Gestor da Royme

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A ROYME é uma empresa dedicada à comercialização nacional e internacional de normalização de matrizes e moldes com mais de 50 anos de experiência.

Com mais de 20 anos de experiência em Gestão Financeira e uma longa trajetória em liderança de equipas, Manu García regressa a Donostia para assumir a Gerência da Royme.

Ocupa este cargo desde o passado mês de janeiro. Qual é o seu objetivo nesta nova etapa na organização?

Integrei uma organização que traz uma inércia muito positiva, que conta com uma grande equipa e muitos desafios que ainda estão por chegar. Venho com vontade de contribuir com o meu conhecimento e a minha experiência e também com um grande sentido da responsabilidade de assumir as rédeas da empresa tão bem liderada até à data por Patxo Roussel e pela sua equipa.

Fazer parte da Royme Import Export representa um novo desafio no meu percurso profissional que enfrento com uma esperança especial. A minha missão será dotar-nos de ferramentas que nos proporcionem informações imediatas para a tomada de decisões com maior agilidade e garantia.

Que planos estratégicos tem a Royme para os próximos anos?

No futuro próximo, a Royme pretende cumprir dois objetivos principais:

Por um lado, queremos consolidar a marca comercial ROYME, tanto a nível nacional como internacional. Empresas destacadas do setor, como o Grupo Volkswagen, a Gestamp e o Grupo Mondragón já confiam na Royme há muitos anos. Queremos ir mais além e conseguir ser uma referência no nosso setor para alcançar diferentes perfis de empresas, independentemente do seu tamanho. Trabalhamos segundo uma filosofia de melhoria e certificamo-nos de que os nossos clientes ficam satisfeitos com os nossos serviços e produtos, tentado, através da otimização de processos, criar relações estáveis ao longo do tempo.

Para isso, estamos a trabalhar num novo Catálogo Geral, cuja publicação está prevista para a primavera de 2020.

Por outro lado, sabemos que, para avançar, é necessário fazêlo junto dos nossos clientes e, por isso, contamos com diversas delegações nos principais núcleos de fabrico do país. Neste sentido, a ROYME considera importante estar cada vez mais presente em zonas estratégicas, próximo dos nossos clientes. Além disso, vamos abordar a via das Colaborações e Alianças, para oferecer um melhor serviço e continuar a aumentar a nossa presença nos mercados-alvo.

Incorporaram recentemente alguma marca no vosso catálogo?

A nossa filosofia baseia-se na procura e incorporação contínua de novidades, para oferecer a gama mais completa e inovadora possível. É importante sermos muito dinâmicos nesta gestão.

Além disso, este ano estamos a dar especial importância à divisão do molde e, portanto, incluímos muitos produtos e celebrámos acordos com novas marcas de topo. Integramos também, nas famílias de produtos que já tínhamos, elementos de refrigeração, braçadeiras de fixação rápida, produtos de desmoldagem e cilindros hidráulicos, entre outros. Importa também destacar as últimas integrações de uma nova familia de produtos. Trata-se dos punções para máquinas puncionadoras CNC.

 

Você pode ver a entrevista completa na edição 20 da Toolmaker Magazine, publicada em setembro de 2019.

Se você deseja assinarse na Toolmaker, entre em contato através da nossa conta de correio comercial@tool-maker.net

Para obter mais informação sobre o catálogo Royme, visite o seu stand na feira Metalmadrid 2019, que será realizado nos dias 27 e 28 de novembro.