LOGO SCHNEIDER ELECTRIC REVISTA TOOLMAKER

Schneider Electric lança novo controlador lógico spaceLYnk

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A Schneider Electric, especialista global em gestão de energia e automação, lança o novo controlador lógico spaceLYnk, que conecta diferentes normas e protocolos para a construção de edifícios e monitorização de energia. A nova solução da Schneider Electric é uma solução abrangente, com uma interface de utilizador distinta e confortável, que oferece verdadeira diferenciação e valor acrescentado aos seus utilizadores.

Ideal para a gestão do consumo energético e para a eficiência energética, o controlador lógico spaceLYnk da Schneider Electric permite alcançar uma poupança de mais de 70% do consumo de energia causado pelos sistemas de AVAC e iluminação. Assim, passa a ser possível otimizar duas importantes fontes de consumo de energia, através da instalação do spaceLYnk e da sua integração com dispositivos e aplicações escaláveis abertos.

“O spaceLYnk é capaz de exibir a medição de gás, água e eletricidade, e monitorar o seu consumo diária, mensal e anualmente. Esta nova solução armazena e analisa dados de forma a permitir a identificação de potenciais poupanças de energia, aumentando assim a eficiência energética do edifício,” refere Fernando Ferreira – especialista em gestão de energia e automação de Edifícios da Schneider Electric.

 

Uma vez identificado o potencial de poupança, o controlo ativo das funções do edifício do spaceLYnk permite preparar o edifício de acordo com a sua ocupação e utilização. Por exemplo, passa a ser possível preparar o edifício com antecedência para um cenário de desocupação – comum durante os fins-de-semana em edifícios de escritórios – reduzindo a climatização e desligando todas as luzes.

“Uma solução completa, flexível, simples e eficiente para edifícios,  o spaceLYnk pode ser utilizado como gateway, permitindo a comunicação e interação entre diferentes equipamentos de controlo de funções como iluminação, estores e climatização. Enquanto interface de utilizador, possibilita que todas as funções sejam controladas e exibidas em dispositivos locais e móveis, como tablets ou smartphones. Mas o spaceLYnk pode ainda ser utilizado de outras formas,” revela Fernando Ferreira.

O spaceLYnk pode também ser utilizado como função de memória, uma vez que é capaz de exibir a medição de gás, água e eletricidade para uma monitorização regular, ou como controlador lógico com funções avançadas para a otimização da eficiência energética e do conforto, e ainda como controlador de eventos, enviando notificações no caso de falhas e outros problemas.

A interface spaceLYnk

O spaceLYnk permite controlar todas as funções do edifício com uma única interface – através de um dispositivo local ou móvel. A solução apresenta ao utilizador uma visão estruturada e clara de todas as funções, cenários, configurações e valores, para uma orientação intuitiva e operação conveniente.

SCHNEIDER1SCHNEIDER 2

 

Graças à aplicação de servidor web-based, permite controlar e monitorar todas as funções do edifício, mesmo aquando da ausência dos seus gestores, mantendo-os conectados em qualquer altura. Para tal, é apenas necessária conexão à Internet e um smartphone, tablet ou PC.

A interface do spaceLYnk pode ser totalmente personalizada, o que permite que os  construtores de edifícios possam propôr o seu design e marca ao mercado. Com o homeLYnk oferecem um sistema up-to-date e uma interface feita à medida.

A solução spaceLYnk conecta a construção de funções de controlo, para uma gestão completa do edifício, ideal para pequenas e médias empresas, bem como grandes edifícios.

Em grandes edifícios

A interface de utilizador exclusivo inclui a monitorização de energia, a construção de dados de controlo e manutenção, e o acesso local e remoto via PC, smartphone e tablet, para um controlo consistente e ação imediata.

SCHNEIDER 3

Em edifícios de pequena e média dimensão

O spaceLYnk é interoperável com diferentes sistemas e protocolos standard no mercado, tais como KNX, Modbus ou Bacnet e permite a interligação dos sistemas de iluminação, sombreamento e climatização, podendo estes dados serem enviados para um sistema de gestão técnica centralizada (BMS), por exemplo, SmartStruXure.

 SCHNEIDER 4