LOGO SCHNEIDER ELECTRIC REVISTA TOOLMAKER

Schneider Electric alcança 10.º lugar no ranking Newsweek Global Green 2016

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone
  • Empresa passa do 25.º para o 10.º lugar.
  • Novo ranking é testemunho da visão de desenvolvimento de tecnologias da empresa que assegura a conectividade para todos, em todo o lado e a qualquer momento – Life Is On.
  • A progressão no ranking também reconhece os compromissos assumidos pela empresa aquando do COP21.

No final de 2015, o COP21 fomentou a esperança legítima de que cidadãos, governos e empresas mudiais podem coordenar os ses esforços para diminuir as causas e os efeitos das alterações climáticas. Apenas alguns meses mais tarde, o ranking Newsweek Global Green 2016, listagem global das empresas mais sustentáveis realizada pela revista semanal norte americana Newsweek, em parceria com a Corporate Knights e a HIP Investor, comentou o compromisso ambiental assumido pela Schneider Electric, especialista global em gestão de energia e automação. O Grupo orgulha-se de alcançar o 10.º lugar neste ranking, ao lado de outras empresas de elevada reputação como a Shire Plc., a Reckitt Benckiser e a British Telecom.

Promover inovação para a Sustentabilidade em todas as frentes

As elevadas pontuações obtidas pela Schneider Electric refletem o histórico comprovado do Grupo enquanto motor de inovação, em todas as frentes, através de tecnologias de gestão de energia e automação conectadas, que remodelam indústrias, transformam cidades e enriquecem vidas. Na Schneider Electric, chamamos a isto “Life is On”.

“Estamos muito satisfeitos com os resultados do último ranking Newsweek Global Green. O mesmo demonstra que temos as estratégias de sustentabilidade adequadas e o roadmap de inovação ideal”, disse Gilles Vermot Desroches, SVP de Sustentabilidade na Schneider Electric. “Queremos que todos no nosso planeta tenham acesso a energia segura, fiável, eficiente e sustentável, e estamos empenhados em fornecer soluções inovadoras que abordem o paradoxo energético: equilibrar a pegada de carbono do nosso planeta com o direito humano irrefutável de acesso a energia de qualidade”.

O grande salto da Schneider no ranking, do 25.º para o 10.º lugar, resulta também de iniciativas da empresa na utilização dos recursos naturais de forma inteligente, incluindo fontes renováveis, nas suas operações globais. O ranking reconhece os 10 compromissos assumidos pela Schneider Electric no COP21, destinados a permitirem à empresa e ao seu ecossistema alcançar a neutralidade de carbono nos próximos 15 anos, através dos seus produtos, soluções, I&D e operações industriais.

Esses compromissos incluem:

  • Medição do impacto de carbono em 100% dos grandes projetos de clientes;
  • Desenvolvimento de 100% da nova oferta utilizando o Schneider ecoDesign Way™ e dotação da marca ecológica Green Premium™ da empresa em 75% da oferta;
  • Evitar a emissão de 120 000 toneladas de CO2 com a introdução de produtos em ciclo de fim de vida de acordo com os princípios da economia circular;
  • Ajudar 50 milhões de pessoas, na base da pirâmide, a terem acesso a iluminação e comunicação nos próximos 10 anos, através de soluções com baixos níveis de carbono.

O desempenho ambiental e o desenvolvimento sustentável da Schneider Electric são divulgados trimestralmente através do seu barómetro Planeta & Sociedade. A estratégia de desenvolvimento sustentável da Schneider Electric tem também sido reconhecida por outras organizações, como o CDP, que nomeou o Grupo a Novembro de 2015, pelo quinto ano consecutivo, líder mundial pela sua ação corporativa e transparência sobre as alterações climáticas.