revista toolmaker - emaf - dmg mori

EMAF 2018: a DMG MORI vai centrar a sua atenção nos moldes e matrizes, na maquinação de 5 eixos e em tornos para uma produção eficaz

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A DMG MORI vai apresentar na EMAF 2018, que terá lugar em Matosinhos, Portugal, de 21 a 24 de novembro, no Pavilhão 2, Stand A03, as suas últimas novidades tecnológicas. A DMG MORI irá expor no seu stand o torno universal NLX 2500 Y, e o torno automático SPRINT 20|8, bem como os centros de maquinação de 5 eixos – DMU 75 monoBLOCK e CMX 70 U.  Com estas máquinas inovadoras, a DMG MORI mostra a sua tecnologia em Moldes & Matrizes. Outro dos focos desta nova edição estará nas suas soluções de automação de uma única fonte.

Technology Excellence para Moldes & Matrizes

Hoje em dia, as soluções de produção são muito exigentes, por isso os moldes e matrizes situam-se entre os impulsionadores de crescimento mais importantes na construção de máquinas-ferramentas. Nas últimas décadas, a DMG MORI tem proporcionado aos utilizadores do setor uma assistência baseada na experiência pratica e em conhecimentos especializados.

O líder tecnológico reúne esta experiência no seu próprio Centro de Excelência Tecnológica, onde os especialistas da DMG MORI colaboram no desenvolvimento de produtos dos clientes desde uma fase muito inicial. O Centro de Excelência Tecnológica de Die & Mold da DECKEL MAHO Pfronten utiliza uma ampla gama de máquinas – desde os centros de maquinação das series monoBLOCK e duoBLOCK, as inovadoras máquinas LASERTEC 3D para a fabricação aditiva, até aos centros de maquinação XXL. Neste centro, tanto os clientes como a DMG MORI beneficiam da colaboração numa fase precoce. O diálogo próximo entre os utilizadores e os projetistas nas fábricas da DMG MORI permite que todos os intervenientes aprendam uns com os outros. Isto não só cria soluções de produção perfeitas para os clientes, como também faz com que os conhecimentos adquiridos sejam diretamente incorporados nos novos desenvolvimentos de produto da DMG MORI.

Valor acrescentado graças à automação do princípio ao fim
A automação é um pilar chave na estratégia de longo prazo da DMG MORI. A ligação inteligente entre a máquina-ferramenta e a automação constitui um foco essencial nas fábricas de produção da DMG MORI, para garantir que os clientes possam receber a sua solução de automação a partir de uma só fonte. DMG MORI HEITEC, a joint venture estabelecida em novembro de 2017, atua como sócio de automação da DMG MORI neste campo.

A DMG MORI HEITEC GmbH centra-se nos sistemas personalizados de manipulação de peças, enquanto que a concorrência se centra na automação, por exemplo: a manipulação de paletes está integrada diretamente nas fábricas da DMG MORI. Graças à interação entre as atividades de engenharia nas unidades de produção da DMG MORI e a experiência em automação da DMG MORI HEITEC, o cliente recebe uma solução personalizada e contínua, que garante os processos de precisão.

Centros de Maquinação de 5 eixos DMU 75 monoBLOCK e CMX 70 U

A tecnologia de 5 eixos representa um passo importante para uma produção eficiente. Permite aos utilizadores, através de uma só configuração, maquinar peças completas. Portanto, ao eliminar os processos secundários, conseguimos uma produção muito mais rápida, mais económica e de maior qualidade. Durante a EMAF, a DMG MORI apresentará os centros DMU 75 monoBLOCK e CMX 70 U. O primeiro está equipado com um controlo numérico HEIDENHAIN TNC 640, comum no setor dos moldes e matrizes, e com um fuso MASTER de 20,000 min-1. Com este fuso, desenvolvido pela DMG MORI, o fabricante de máquinas-ferramentas oferece uma garantia de 36 meses, com horas de fuso ilimitadas. Numa superfície de menos de 8 m², a máquina DMU 75 monoBLOCK oferece espaço suficiente para peças com ø 1.040 mm e 1.000 kg. O centro de maquinação CMX 70 U também está disponível com um controlo HEIDENHAIN com ecrã multitáctil DMG MORI SLIMline de 19″. Uma velocidade de deslocação rápida de 30 m / min em todos os eixos lineares, 30 posições para ferramentas (opcional: 60) e uma construção estável fazem do CMX 70 U uma solução acessível para uma maquinação de 5 eixos.

CMX con Robo2Go

Torneamento eficiente com o NLX 2500Y e o SPRINT 20|8

O torno NLX 2500 é um centro de maquinação de alta rigidez e precisão, capaz de manejar com flexibilidade várias peças de trabalho. Este modelo conta com um motor incorporado (BMT) que garante uma potente capacidade de rotação e um rendimento de fresagem excecional, assim como uma elevada rigidez. Quando equipado com a interface CELOS e MAPPS V, o torno NLX 2500 permite ao operador realizar a maquinação de várias peças, desde componentes simples a complexos, com uma simples operação. Este modelo pode satisfazer um amplo leque de utilizadores, desde os principiantes até aos técnicos com experiência. O torno SPRINT 20|8 convence com uma maior estabilidade e precisão nos processos de torneamento automático. Um total de oito eixos e dez ferramentas motorizadas ajudam os utilizadores a maquinar peças complexas de uma forma altamente produtiva. Os tempos “chip to chip” são inferiores a 0.2 segundos. Um SWISSTYPEkit opcional, para torneamento de peças curtas e compridas, faz com que o arranque automático do SPRINT 20|8 seja ainda mais flexível, enquanto que o design STEALTH oferece um ótimo ambiente produtivo.

dmg, mori seiki, wernau, nlx_4000_1500, celos
dmg, mori seiki, wernau, nlx_4000_1500, celos