Airtificial_TOOLMAKER

A Airtificial apresenta resultados positivos no seu primeiro exercício

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A Artificial conclui o seu primeiro exercício com resultados positivos e uma estrutura financeira reforçada que lhe serve de plataforma para impulsionar o seu crescimento. A tecnológica especializada em robótica colaborativa e estruturas inteligentes alcançou um resultado líquido de 1,1 milhões de euros, receitas de 43,7 milhões de euros e um EBITDA de 5,3 milhões, 12 porcento do seu volume de negócios. A Airtificial viu como as suas ações revalorizaram 25 porcento desde que o seu robô colaborativo Aibell tocou o sino no mercado contínuo da Bolsa de Madrid no passado mês de novembro.

A Airtificial dispõe de uma carteira de encomendas com um valor de mais de 180 milhões de euros para o período 2019-2023. O mercado de robôs colaborativos já fatura 625 milhões de euros e prevê-se que evolua até superar os 10 822 milhões de euros em 2025. A isto, haverá que somar os mercados nos quais também está presente como o de estruturas com sensores ou o aeroespacial.

O presidente da Airtificial, Rafael Contreras, afirma: “Os resultados da Airtificial de 2018 são um claro reflexo da boa situação em que a Empresa se encontra para dar o próximo salto como referência mundial tecnológica em robótica colaborativa e estruturas inteligentes. Estamos mais fortes e dispostos a dar um impulso ao nosso crescimento”.

Além do mais, a Airtificial conseguiu reforçar o seu balanço alcançando um património líquido de 123,3 milhões de euros e um fundo de maneio de 19 milhões de euros, que lhe permite garantir o financiamento dos seus projetos de crescimento a curto e médio prazo.

O conselheiro delegado da Empresa, Borja Martínez-Laredo, afirma: “Estamos muito satisfeitos com os resultados alcançados no primeiro exercício da Empresa, o que potencia a capacidade de atribuição de novos e relevantes contratos por parte dos clientes. Além disso, continuamos a gerar crescimento como empresa e, portanto, valor para os nossos acionistas”.

airtificial_2